Como planejar a alimentação do seu evento: dicas essenciais

Seja um casamento, seja um aniversário, conferência ou qualquer outro tipo de situação, é importantíssimo saber como planejar a alimentação do seu evento. Afinal, se é esperado que as pessoas fiquem horas em alguma atividade, é importante ter comida para os convidados e participantes.

É claro que, com a pandemia do novo coronavírus, não dá para organizar nenhuma aglomeração no momento. No entanto, como planejar a alimentação do seu evento do jeito certo quando a pandemia passar? Essa é uma das preocupações mais comuns para organizadores de eventos. Afinal, qual a quantidade ideal de alimentos? Em que horário servir? Quando e onde encontrar os melhores fornecedores? Se você está organizando um evento de qualquer porte atualmente, siga as dicas abaixo para saber a resposta para essas perguntas!

 

O número de convidados é a base de como planejar a alimentação do seu evento

Para começar a saber como planejar a alimentação do seu evento, é importante iniciar o plano pelo número de convidados. É claro que, no entanto, isso pode apresentar alguns problemas.

Em um casamento, um aniversário ou outros eventos fechados, a conta é bem simples de fazer. Basta ver quantas pessoas foram convidadas, calcular uma determinada quantidade de comida por cada um e pronto.

Por exemplo, em um aniversário cuja refeição será pizza, dá para calcular uma média de 3 pedaços por pessoa. Alguns comerão menos, outros mais, mas tudo se ajusta. Assim, uma festa de aniversário com 30 convidados precisaria de 90 pedaços de pizza. Considerando que uma pizza grande tem 8 pedaços, seriam necessárias 12 pizzas. Fácil e simples.

No entanto, em eventos abertos ou em que há venda de ingresso, o cálculo é mais difícil. Nesse caso, é necessário pensar na taxa de ocupação do lugar, ver quantas pessoas podem estar lá e fazer uma estimativa de ingressos disponíveis. Depois, basta encontrar fornecedores para essas pessoas todas.

E por falar nisso…

 

Busque fornecedores locais para poder cumprir a cota de alimentação necessária

Quando for organizar o evento, busque por fornecedores locais para conseguir a comida necessária. Isso é importante por dois motivos principais.

O primeiro deles é que os fornecedores locais terão comida mais fresca. Por exemplo, pode ser que você vá organizar um evento no Rio de Janeiro e precisará de sorvetes. Talvez exista uma fornecedora em uma cidade próxima com um preço melhor, mas o produto pode não chegar tão bem no evento. Por isso, vale a pena pagar um pouco mais por quem está mais próximo.

Além disso, é importante ter contatos de fornecedores locais para momentos de emergência. Por exemplo, vale a pena ter instalado o Rappi Rio de Janeiro no seu smartphone para poder pedir por mais bebidas ou comidas no momento do evento.

 

Facilite para os convidados na hora de comer dentro do evento

A comida de um evento não é o ponto principal dele, mas sim um momento que dá suporte às atividades. Por exemplo, imagine uma conferência de profissionais de uma certa categoria do mercado. O grande foco ali são as palestras e rodas de discussão, não a comida.

Portanto, é importante facilitar ao máximo a vida das pessoas na hora de comer, não só para agilizar o processo, mas também para reduzir as oportunidades de problemas. Por exemplo, será que vale a pena servir macarronada com molho para as pessoas no meio do dia? Talvez isso abra margem para que as pessoas acabem se sujando com o molho.

Por isso, dê preferência para comidas que sejam simples e fáceis de serem ingeridas. Finger foods, por exemplo, costumam ser bem populares nesses eventos, além de pequenas porções de alimentos.

 

Ofereça opções amplas para todos os tipos de pessoas

Nem todo mundo come o mesmo tipo de comida. Por exemplo, existem os vegetarianos e veganos que não comem proteína animal ou alimentos que tenham algum tipo de produto derivado de exploração animal, como ovo ou leite.

Ao mesmo tempo, existe quem não come peixe, quem tem alergias específicas e quem simplesmente não gosta de determinada opção. Às vezes, pode parecer impossível equilibrar todas essas demandas.

E é mesmo, se você pensar em somente um prato ou uma comida para os convidados do evento. O segredo para lidar com essas necessidades diferentes é oferecer opções amplas para todos os tipos de pessoas.

Tenha sim uma ou duas opções com carne, mas também tenha uma ou duas opções para vegetarianos e veganos. Um dos seus itens no cardápio tem alergênicos famosos? Então busque alternativas para que as pessoas não fiquem sem ter o que comer.

No fim, organizar um evento não permite ir muito a fundo em algum tipo de gastronomia por causa dessas limitações. O ideal, portanto, é tentar ser o mais amplo possível e contratar uma empresa de buffet para te ajudar nisso.

Pronto! Com essas dicas, você já sabe como planejar a alimentação do seu evento ou, no mínimo, tem algumas possibilidades melhores para direcionar essa parte. Seguindo o conteúdo dito aqui, você conseguirá garantir que essa parte do seu evento correrá sem problemas e será muito elogiada.

Gostou das dicas? Então comente abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *